terça-feira, 21 de dezembro de 2010

resposta ao anônimo


Gente, tava demorando pra aparecerem os lambs (fãs da Balaiah) comentando o meu post!

Mas apareceu. Olha o que eu recebi:

Anônimo disse...
Larga de ser escroto. Mariah está GRÁVIDA DE GEMEOS! Sim, infeliz. Que pena, né? Ela faz sucesso, o mundo fala dela e de você? NINGUÉM, NINGUÉM! rs Seu merdinha! Lava essa sua boca de chupar pau antes de falar dela

Então tá. Vamos responder?

Prezado(a) anônimo, se você é tão corajosinho (a), bravinho (a), poderia assinar com seu nome, deixar link pro seu site/blog ou um email pra contato, néam?


Segundo, o blog é meu e eu falo o que eu quiser. Mais de 200 mil blogs são criados diariamente, então, por que você não vai naqueles que falam bem dela? E não me enche o saco. Eu adoro a Toyota e nem por isso fico entrando nos blogs que falam de Honda meter o pau no Civic. Gente, eu tenho o que fazer! Tenho vida social, trabalho, caço bophe...


Vai dar meia hora de bunda pra ver se passa!


Agora vamos falar da Sanfona. Desde que mundo é mundo estamos CARECAS de saber que ela luta contra a balança. Aparece gordeenha, de repente faz uma dieta e aparece leenda, mas depois volta a engordar tudo de novo.


E outra, a minha prima também engravidou de gêmeos e não tinha 1/3 do tamanho da Balaiah! hahaha Leia o post da Katylene sobre a chegada dela no Brasil. E falando na Katy, faço delas as minhas palavras: "Gêmeos? Só se for de 8 filhotes de golfinhos que estão há 2 anos dentro da barriga dela!" hahahah


Ah, e você disse de fama, né? Pois bem, eu sou muito bem sucedido no que faço e meu conceito de sucesso não é vender milhares de discos e ser famuósa. Sou conhecido e reconhecido onde tenho que ser. Se você me chama de excroto por não ser uma Mariah, quem é você, afinal? Famoso? Celebridádchy?


#prontofalei


***


>>> Arsênico, eu não sou viciado em séries... eu fico, então nem começo a assistir. Prefiro pegar tudo assim, em box depois heheh


>>> FOXX, vamos fazer uma sessão qdo vc vier pra cá?


>>> Voy, vc PRECISA assistir umzinho pelo menos!


>>> M., é normal sim! Eu não empresto os meus shows da Madonna por nadica nesse mundo!


>>> Jacinto, que bom saber que ela se divertiu horrorez! =)

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

meu box que brilha 2

Gente, sei que faz teeeeempo, mas lembra que falei do Box de Sex and the City? Então! Conseguimos o desconto no Walmart e Visa e tirei uma fotinha da caixa aqui em casa!

É rosa, brilha e tem umas borboletinhas!!!

Ainda não tive tempo de assistir tudo... mas desse fim de ano não passa! =)













***



>>> Ai Arsênico, não é ódio...só veneninho! =P



>>> Voy! O pior é que eu tenho 1 CD de Greatest Hits e uma porrada de mp3... hehehe



>>> FOXX, adooooro! Ainda bem que não recebi a fúria mortal dos fãs dela. Vão falar o que? Que ela tá magra? hehehe

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

mariah e o pacto com o demo

Aiiii

Mais de um mês sem posts! Desculpe! Tanta coisa aconteceu nesse último mês...

Mas estou vivo, inteiro e com post natalino!

Alguém duvida que a Balaiah tem um pacto com o diabo? Vamos aos fatos.

Nos anos 90, a Mariah era tudo. Enquanto eu idolatrava Madonna (sempre), não tinha um heterossexual que não tivesse um CD da Mariah. O ano era 1999 e o disco Rainbow era sonho de consumo. As suas músicas tocavam ininterruptamente nas rádios e o clipe de heartbreaker era sensação do Disk MTV.

Até a Veja se rendeu aos gritos de golfinho e publicou uma matéria dizendo que Sanfona Carey foi a artista feminina que mais havia vendido discos nos anos 90. Não tinha pra Madonna, Whitney, nem pro fenômeno Alanis Morissette. Mariah era absoluta!

Depois que ela saiu da Sony, por ter separado do DONO da gravadora (veneninho), ela caiu. O filme Glitter foi um fiasco e o disco, pffff... vendeu 500 mil cópias nos EUA. Charmbracelet foi outra bomba - no mal sentido.

E o que ela fez? Um pacto com o inominável para voltar ao topo. Ela vendeu a alma, certeza!

Voltou com o Emancipation of Mimi com músicas chatas, mas mega grudentas. Bastava vc ouvir uma vez que ficava compulsivo por ouvir mais. Estou mentindo?

We belong together
Shake it off. Essa deve ter o sangue dela. Puta música chata, uó, mas que eu tive que baixar e ouvia no repeat o DIA inteiro.

E agora ela volta com Oh Santa. Resolvi ver o clipe pra ver o que ela tinha feito pra disfarçar as banhas (veneninho) e acabei gostando da música. VICIANDO na música.

Quem não quiser ficar viciado, pule o vídeo.




Agora vamos aos veneninhos (mais?):

- Repararam no close apenas no rosto?
- Na imagem de longe do corpo inteiro - com um belo trabalho de computação gráfica? ou será dublê de corpo?
- mas dá pra ver o tamanho da cintura criança quando ela aparece de costas (1:35)
- vestidão largo, e coral com mulheres maiores que ela - tudo é uma questão de referência, né?
- e os dançarinos ao estilo Amy no fundo?

Ok, vou parar.

Vou aproveitar que estou ouvindo a música no momento e pedir pro Santa Clauss (Papai Noel, em inglês) um bofe pra mim:

Santa's gonna come and make you mine this Christmas
Santa's gonna come and make you mine, oh oh oh
Santa's gonna come and make you mine this Christmas night

Santa, If you get this letter
Won't you help me out
I know you're kinda busy with your elves right now
And I don't know how
You do the things you do while I sleep on Christmas eve

But it's amazing
And I bet that you could bring me back my baby
Because every time I see Christmas lights
I feel this burn inside
And I just can't take it

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

muita calma nessa hora, viu?




Na segunda, recebi um e-mail assim: O que vc vai fazer hj à noite? Tem pré-estreia do filme "Muita Calma Nessa Hora".


Bom, eu ia dormir... mas topei. Já tinha ouvido falar nesse filme e tava louco pra ver. Ainda mais, na faixa!

Cheguei no Shopping Vila Olimpia e, ao sair do elevador, tinha duas placas: Convidades e Imprensa.


JENT! Eu tava no lançamento do filme e logo mais à frente vi o pessoal do pânico e CQC.


Eu já disse que sou apaixonado pelo Felipe Andreoli?? Ai, eu sou! E ele tava lá!!!!

Eu já tava feliz com isso. E quando me viro, encontrei uma ameega. Que por acaso, é ameega da organziadora do evento. Então, em vez do convitchynho pra ir na sala dos mortais, ganhamos um praquela sala com poltronas reclináveis e tudo mais.

O evento era tão pheeno que até a moça que liberava a entrada era linda!

Brinks! hihihih

Chegando lá, achei que fosse dormir. Reclinei o banco.. estômago cheio de pipoca...


Aí começou o filme e não consegui mais dormir. Em parte, pelas cenas em que o Dudu Azevedo aparece. SEMPRE sem camisa, mostrando essa barriga que me deixou louco. A coitada da ameega saiu com o braço roxo, pq toda vez que ele aparecia, eu beliscava ela e passava mal.


E o Felipe Andreoli que assistiu o filme na minha frente??? afffffffff mas ele tava com a namorada raxa a tiracolo...e assistiram o filme abraçadinhos....
Mas enfim, o filme é ótimo!!! Super recomendo. Dei altas risadas e me diverti bastante. Marcelo Adnet é impagáaavel!!!!

E não acabou por aí. A tal ameega da ameega conseguiu pulseirinhas pra irmos pra festeenha do filme! E pude ver o Dudu de pertinho...ai ai! Dancei horrores com a Luciana Liviero e até pisei no pé da Fernandinha Souza.

Amo essa minha vida pop!

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

temaki


As conversas eram diárias.

Msn no expediente, msn à noite. Sorrisos e caras de bobos dos dois lados.
Fortunas de SMS enviadas durante o dia todo.

Numa dessas, o papo começou a esquentar.

- Venenoso, se eu te pego de jeito, você vai ver... Vai ser o dia todo!
- Hey, vai com calma! Dependendo do calibre, não guento o dia todo não!!!!

Aí o moço disse a frase proibida. Vocês sabem a minha preferência, néam? O que nunca um ser do sexo masculino pode dizer pra mim:

- Mas Ve, é pequeno.


Broxei na hora. Mas, nem tudo está perdido. Vamos insistir mais um pouco:

- Olha... pequeno é relativo, né? O pequeno pra mim pode não ser pra vc...

E aí ele deu o golpe de misericódia:

- É pequeno. Menor que um temaki.

Depois de rir durante uns 5 min da minha desgraça, respirei fundo e não respondi mais.

Liguei pruma amiga pra desabafar.

- Ve, um temaki tem em média 14,5cm!

Eu fiz aquela cara de Samantha Jones desconsolada.


***

>>> SAM, obrigado pelas deecas! bjoo

>>> FOX, e agora, me diz, ainda devo acreditar no amor?

>>> Sol, tem razão. vou rezar glória 3x gloria e deixar a vontade passar! #cleyciannefeelings

terça-feira, 2 de novembro de 2010

e repensando...


E aconteceu de novo.


- O que, Venenoso? Apaixonou? Ou levou um pé? Ou foi usado?


Sim, um pouco de cada e mais um pouco.


Acontece de eu me apaixonar às vezes. Depois de tudo o que passei, coloquei meu coração guardado dentro de um baú, como o Davy Jones, do Piratas do Caribe.


Mas o baú não está tãaao guardado e vira e mexe acontece de eu liberar a chave. Mas aí sempre vem uma desilusão/pé na bunda ou algo assim.


E aí, o que eu faço?


Me jogo no primeiro cara que quer me comer. E dessa vez, até tentei fazer de difícil, mas não deu: ele era a cara do Bruno Garcia! Não vou falar particularidades anatômicas, mas não foi bom. Me senti um pedaço de salmão pronto pra ser passado no shoyu e wasabi.

Um amigo disse que na verdade, fui eu que usei, pq não paguei motel, era num bairro legal de sampa e ainda ganhei um suquinho hehehe

To cansado disso.... Mas a sensação de vazio permanece. Digo que não vou mais fazer isso, já disse algumas vezes, mas acontece. Assim como eu digo que não vou me apaixonar, e acabo caindo.

To achando que nunca vai acontecer mesmo. Vou me dedicar ao trabalho, à construção de um corpo, aos estudos... mas pera. Eu já fiz isso. Alías, estou nessa fase.

30 anos chegando... e achando cada vez mais que sou uma frigideira, ou seja, sem tampa.

Lembro daquela poesia que diz para cuidarmos do nosso jardim para atrairmos as borboletas. Eu cuido. E elas vêm. Mas aí que tá o problema. O meu jardim tá cheio de borboletas e libélulas, mas o que eu quero mesmo é um gavião, pô!

E keep walking, né, fazer o que!

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

dica express - I


Ameega, vc que gosta de dar o *, especialmente para caras dotados, NÃO olhe pra sua rosquinha no espelho após a fornicação.

#ficaadica


***


>>> Ai Arsênico, bom saber que eu não sou a única Single Lady eheheh


>>> Beijão, menina Fê! Seu blog continua um arraso!


>>> Vamos, Rafael! Tá sumido no msn!!!


>>> Natalia, acho q dá pra encontrar um equilíbrio, questão de negociação hihihihi


>>> FOXX, to começando a gostar dessa ideia de ter alguém pegando no pé =P heheheh

sábado, 16 de outubro de 2010

mulher independente assusta os homens

Refleti o modo como eu corria atrás dos bofes vendo o filme "Ele não está tão a fim de você". Eu passei dias lendo o livro "Ele simplesmente não está a fim de você" e aprendi a ser independente.

Muitas sessões de terapia e milhares de litros de Starbucks com azamiga para aprender a não depender de seres humanos do sexo masculino para viver.

Ouvi músicas da Cher, Whitney e Madonna e aprendi a dar a volta por cima e a cuidar de mim. E me colocar em primeiro lugar.

Filmes, academia, aulas de yoga, inglês, francês, trabalho voluntário, cursos. Tudo para manter a cabeça ocupada e pensar em mim. Só para não ficar com aquela cara de que a única coisa que faço é esperar que um príncipe encantado venha bater à sua porta - porque todos dizem que ele não existe.

Pois bem. Fiz toda a minha lição de casa. Aí apareceu um principezinho. Lindo! Gostoso, mais novinho. Ideias batem, bom caráter, bom papo...

E aí eu falei da história de termos vidas independentes, separadas, respeitar os espaços. Quer dizer, respeitar os MEUS espaços, sair com MEUS amigos, ter a MINHA agenda, os MEUS compromissos, a MINHA vida.

Aí assustei o bofe.

Aaaaaiiiii, como é difícil ser "molher" na sociedade contemporânea, viu?

Lembrei que eu ouvi muitas músicas, mas esqueci de uma: What it feels like for a Girl





Forte por dentro, mas você não sabe
Garotinhas boas nunca se mostram

Quando você for abrir bem a boca parafalar
Poderia ser um pouco frágil?

Quando você está tentando muito ser a melhor
Poderia ser um pouco menos?

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

meu box que brilha!

Gurrrrlz,



Vcs sabem que apesar da minha fase mais desapegada, adoro me vestir bem e estar sempre arrumadinho, néam?



E não tem como queimar cardigans, camistas slim fit em nome de uma consciência maior e melhor para o que é importante na vida.



Mas Sex & The City é algo que fica no meu coração. E eu quero um box. E ele é rosa. E brilha!


Pronto, agora só falta mais 8 blogueiros fazerem o mesmo e pagarmos apenas R$ 108 pelo box!!!

Veja mais aqui.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

I guess I did it wrong


Lembram que eu passei por uma experiência ruim?

Então. Desde então eu fiz de tudo para dar a volta por cima.

I tried to stay ahead, I tried to stay on top. But I guess I did it wrong…

Quis ser uma marca. Uma forma que as pessoas me reconheceriam. E aí mora o erro.

Bolei uma forma de ser percebido. Escolhi um guarda-roupa, uma carteira, um perfume e um celular. Escolhi vocabulário, trejeitos, modo de olhar. A invenção de uma marca. Branding.

Tudo o que retratasse o que eu queria ser. E talvez trabalhar com imagem e comunicação tenha atrapalhado um pouco esse processo. Pensei apenas na embalagem, no marketing. E isso tudo aconteceu quando fui trabalhar em Devil Wears Prada.

Madonna é uma marca. A cada personagem que ela inventa, dita tendências, muda roupa, estilo, cabelo e personalidade. De Evita, vai para hippie-neo-moderna, vira carola, dona de casa inglesa alimentando galinhas e de repente vem com collant roxo chamando todo mundo para se confessar na pista de dança.

Mas Madonna é Madonna. E é duro aceitar, helloowww? mas eu não sou a Madonna!

E muito menos uma marca! hehehe E nem quero ser mais visto como tal. Sou um ser humano, uma pessoa.

E às vezes é preciso voltar a alguns lugares para percebermos o que temos de melhor. E definitivamente, não é a casca.

***
>>> FOX, pois é, não virei uma loca pra queimar sutiã e ser agressivamente contra a moda. hehehe

>>> kkkkkkkkkkk Rafa do céeeuuu! To rindo até agora do gordelícia! hahahah Eu adoro a Hering. Mas tenho usado menos, tenho comprado roupas mais bichas, talvez heheh

>>> Wendedel, pois é! Calça 38 é uma invenção, iludem a gente que existe.

>>> SAM, sorte a sua! Saudades!

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

depois que você experimenta uma vez...




Vocês têm acompanhado que não ligo lá muito mais para luxo e bla bla bla. Isso é verdade. Dia desses, minha amiga veio me mostrar o interior de um iate luxuosíssimo e nem dei bola.
Confesso que tenho até um pouquinho de asco agora dessas coisas todas.
Mas não odeio o dinheiro! E nem vou virar hippie. Minhas prioridades são participar de festas de aniversário dos amigue, jantares e Happy Hours com azamiga, uma viagenzinha no feriado. Uma temporada de Sex & The City, ou Law & Order (SVU). E é bom ter dinheiro para isso!

E vou continuar bonitinho. Se um dia eu tiver condições, pq não um termo Armani?
Mas a Zara tem cortes ótimos e preços bem ok. Zara? Sim. Não é necessariamente barato, eu sei.
Mas depois que eu comprei uma camisa tamanho S (Small) de lá, nunca mais consegui comprar de outra marca. Como sou magrelo, as outras camisas sempre me deixam com aquele visual de espantalho. Se o ombro está certo, na parte de baixo fica aquele excesso de pano que não sei onde coloco. Cabem dois de mim em camisas da TNG. Na Siberian o tamanho menor é enorme. Devem fazer roupas pros brasileiros geneticamente grandões ou bombados.
- Usa a slim fit!
Dizem os vendedores. Mas se vc pega uma roupa para ficar justa no corpo para ficar folgada, fica deveras estranho. O que não acontece com uma camisa S da Zara. Lá encontro roupas com uma modelagem mais européia Espanha/França. Como eu! heheh #alacka

As pessoas reclamam que os gordinhos são discriminados pelo mundo da moda, que as roupas não servem e etc, mas pense como é a vida de uma pessoa que usa calça 36. NÃO EXISTE em lugar nenhum, praticamente.
Então, se você é magrelo que nem eu, dá uma passadinha na Zara. Veja as etiquetas, na parte de baixo tem todas as numerações disponíveis para aquela peça (que foram fabricadas, não necessariamente que tem na loja). Por ex, 38 [40] 42 44. Isso significa que a peça que vc pegou é 40, mas o menor número é 38. Tem que garimpar, mas você acha. #ficaadica
***
>>> Sobre meu penúltimo post, de músico, realmente, vivemos numa sociedade looouca, com valores todos invertidos!

domingo, 5 de setembro de 2010

princesa fiona encanta barretos


JENT,


Sei que estou atrasado, que já se passaram SEMANAS, mas não posso deixar de postar a passagem da Balaiah Carey pelo Brasil.


Ok, vou despertar a Yra das pobres lambs, mas é a poora verdade!


Na verdade, faço das palavras da Katylene as minhas. Fazia tempo que eu não chorava de rir taaaanto.

algumas pérolas:

- Aliás, Renata foi mointo bondosa, baleia é aquele desenho que tanto nos irrita no Twitter, MARIAH TÁ DO TAMANHO DA MINHA LIBIDO! ISSO SEEM!

- DIVA OVERWEIGHT FAZENDO COSPOBRE DE AVRIL LAVIGNE EM BARRETOSH! DIGNIDADCHE PRA QUE, NÃO É MESHMO?


- Gatha, eu não sei quanto tempo a brusha do João & Maria te deishou presa na jaula te entopeendo de doce, mas, eu devo dizer que pelo braceenho de bishcoitera já tá na hora de socar uma maçã na sua boca e te botar no forno, veeu?

Confiram o post aqui: http://katylene.mtv.uol.com.br/2010/08/23/momentcheenho-ego-princesa-fiona-encanta-barretosh/

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

percepção do valor intrínseco


Recebi esse texto por email faz um tempo. Li, achei legal, mas não tinha "batido".


Agora, faz todo sentido.


Eis que o sujeito desce na estação do metrô. Vestindo jeans, camiseta e boné, encosta-se próximo à entrada, tira o violino da caixa e começa a tocar com entusiasmo para a multidão que passa por ali, bem na hora do rush matinal.

Mesmo assim, durante os 45 minutos que tocou, foi praticamente ignorado pelos passantes. Ninguém sabia, mas o músico era Joshua Bell, um dos maiores violinistas do mundo, executando peças musicais consagradas num instrumento raríssimo, um Stradivarius de 1713, estimado em mais de 3 milhões de dólares.

Alguns dias antes Bell havia tocado no Symphony Hall de Boston, onde os melhores lugares custam a bagatela de 1000 dólares.
A experiência, gravada em vídeo, mostra homens e mulheres de andar ligeiro, copo de café na mão, celular no ouvido, crachá balançando no pescoço, indiferentes ao som do violino.
A iniciativa realizada pelo jornal The Washington Post era a de lançar um debate sobre valor, contexto e arte.
A conclusão: estamos acostumados a dar valor às coisas quando estão num contexto. Bell era uma obra de arte sem moldura. Um artefato de luxo sem etiqueta de grife.

Esse é um exemplo daquelas tantas situações que acontecem em nossas vidas que são únicas, singulares, e a que não damos a menor bola porque não vêm com a etiqueta de seu preço.
O que tem valor real para nós, independentemente de marcas, preços e grifes?
É o que o mercado diz que você deve ter, sentir, vestir ou ser?

Essa experiência mostra como na sociedade em que vivemos os nossos sentimentos e a nossa apreciação de beleza são manipulados pelo mercado, pela mídia e pelas instituições que detém o poder financeiro.

Mostra-nos como estamos condicionados a nos mover quando estamos no meio do rebanho.


***
>>> Zandoko, o prazer foi meu! Diliça de cama! heheheh
>>> FOXX, nãaaao! hahahahah o cara do comment é meu amigo ht! Fui na casa dele e acabei tirando um cochilinho hehehe Olha, não sei... liguei pra ele e ele não atendeu. Nem retornou.
>>> David, tentei... liguei para tentar marcar outra coisa, mas não atendeu.
>>> Alysson, não foi interativo! heheheh
>>> Arsênico e como peguei, viu? hihihih

domingo, 29 de agosto de 2010

dating


Era ele. Só podia ser ele.

Cara de mau, barbudo, gostoso. Cheiroso, sorrisão bonito, trabalhador, esforçado. Olhos escuros e expressivos, traços fortes.

Sentado na frente do restaurante, não via a hora de agarrar aquele pescoço e me acabar naquela boca.

Braços grandes, bem desenhados. Subia aquele calor pela nuca imaginando aqueles braços me apertando.

Mas quando abriu a boca... não, não miava. Mas existem duas situações que não suporto: entrevista, ou seja, tenho que ficar perguntando tudo, ou o "engatar a 5ª marcha e fui embora". A noite foi brindada pela segunda opção.

O bonito iniciou um monólogo sem fim. Contei discretamente no meu relógio: 45 minutos de fala ininterrupta. Eu, minha família, meu irmão, meu emprego, meu, meu, meu, eu, eu, eu.

- Eu demoro pra comer, viu?

Pois é, notei. Já tinha acabado o meu prato há tempos e a pessoa ficava brincando com a comida, falando. Bocejos foram inevitáveis. E eu pensei que ele estava satisfeito, mas a tal refeição durou algumas horas.

Gente, eu não sou terapeuta, muito menos recebo pra ficar ouvindo!
Como acabar com toda a produção em uma noite? Então, guys, little less conversation, little more action! #ficaadica


Lógico que precisava compensar todo o tempo perdido investido, né? Depois dei uns belos amassos nele!


***


>>> Voy, mas qtidade não é qualidade!


>>> Rakel, pode deixar que visito sim!


>>> FOXX, AMEEEEI a deeca! Vou procurar uma beeeem da explícita!


>>> David, o meu pode estar no dia do rodízio, carro na revisão, etc... e nem quero um cara que tenha Ferrari. Sabe como é, homem desconta no carro suas frustrações sexuais. Aquele que acelera, pisa fundo, arranca tem ejaculação precoce. E os que tem carro enooooooorme, vc sabe, néam???


>>> Rodrigo, to achando que o que é meu tá escondido, de tão bem guardado! ahhaha

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

gata borralheira


Estou indo trabalhar de busão. Não que isso seja reflexo da minha "nova vida", e sim questão de redução de custos. Pago estacionamento em casa e não vou pagar mais R$ 250,00 para guardar o carro no trabalho, né?

E eu faço yoga de manhã. Então, acordo, escovo os dentes, me troco e saio de casa. Vou suar feito uma porca gorda mesmo! Tomo banho e me arrumo pro trabalho depois da prática.

E lá estou eu, com cabelo amassado e sujo, cara inchada e camisa pra fora da calça. E não ligo. Quer dizer, não ligava.

Mas esta semana, perto da porta do bus, estava sentado o homem da minha vida. Lindo! Moreno, barbudo, de social, tooodo bonitinho. E um olhar... ah, molhei o meu shortinho de yoga. E ele me viu.

Sim, ele me viu e eu tava tooooda cagada. Cabelo zuado e sujo, desleixado na roupa, cheirando "noite passada" e desengonçado, carregando minha mochila, tapete de yoga e uma pasta com meus livros. Imagina a situação do bus às 7h da manhã.

Sabe garotinha nerd de comédia romântica, tipo "Ela é Demais"? Então. Sou a própria!

Mais um marido perdido. tsc tsc

hahahah

***

>>> Gentem, fiquei feliz com os comments, viu? Achei que o blog teria uma debandada já que não pretendo mais falar de glamour, luxo, e etc.

>>> Rafael, pois é, reparo no corte. Mas infelizmente, pra quem é magrelo que nem eu, as peças com corte bom e que eu não fico parecendo nem espantalho nem bissinha manicure são de marcas européias...

>>> David, obrigado! Vamos que vamos!

>>> FOXX, obrigado, gatammm! fiquei ruborizado!

>>> Lord V., sim, estando bem arrumadinho já é suficiente! =)

>>> Rakel, obrigado pela visita, sempre! Fiquei feliz em saber que você curte o meu blog, minhas histórias e meu texto. Continue vindo por aqui e agradeço imensamente a torcida!

domingo, 22 de agosto de 2010

i was just looking for...

... everybody's looking for something.

Nunca uma música fez tanto sentido para mim: I'm so stupid, da Madonna, do mesmo ótimo American Life.

Dê o play e siga a leitura.



Eu sou tão estúpido porque eu vivia em uma pequena bolha
E queria ser como todas as pessoas lindas que estavam ao meu redor
E agora eu sei com certeza, q eu era mais idiota que tudo

Por favor, não me venha com tentações
Isso era apenas ambição e não vai me proteger
Não quero meus sonhos somados a nada!
Eu só estava procurando... todo mundo está em busca de algo

No meu processo de mudança e quebra de conceitos, está a revista TPM #95 como catalisadora. E ela apareceu na minha vida, do nada, indicação de uma amiga sobre uma matéria que não tinha nada a ver com esse assunto. Vc acredita em acaso? Eu não.

Eis que a matéria "Marcas de Luxo? Não obrigada!" veio para dar o golpe de misericórdia no que ainda restava em mim de Glam.

Um papo recorrente entre os meus amigos brasileiros aqui em Nova York é a nossa perplexidade em relação a alguns conhecidos que vêm do Brasil com ânsia de comprar aos montes. Sim, tudo no Brasil está pela hora da morte em comparação aos US$ 9,99 dos EUA. Mas o ponto que nos surpreende é a necessidade doentia de roupas de marca. A calça tem que ser da Diesel. A bolsa, da Louis Vuitton. O óculos, da Chanel. Mas por que alguém “precisa” de uma calça de US$ 290, enquanto na GAP paga-se US$ 19? Pra que desfilar com uma bolsa com logos estampados? Por que a quase obrigação de colocar sobre os olhos uma marca milionária?

Por fora bela viola
Uma das pessoas mais sábias que conheço – e que trabalha com moda há 50 anos – diz que “os mais fracos por dentro precisam de uma autoafirmação por fora. Para eles, essas marcas exercem essa função. Eles saem pela rua que nem outdoors e, assim, sentem-se bem-aceitos pela sociedade, sem ter que provar muita coisa. Pessoas autênticas e seguras não precisam disso”. Concordo.

Leia o restante da matéria aqui, no site da TPM.

E não é a mais pura verdade? Existem momentos da vida que a gente lê uma matéria dessas e passa batido. Em outras, lemos e achamos besteira. Mas existe o tempo em que lemos e tudo bate, faz sentido.

Usar marcas para ser aceito por uma sociedade que valoriza o que mesmo? O amor, o caráter e a verdade? #NOT!

Então, não, obrigado.

Isso quer dizer que vou praticar o desapego total, vender meu carro, virar hippie, deixar de me depilar e andar de chinelo? Que vou queimar minhas camisas Zara, minhas calças Ellus e meu tricot Armani? Não! Eu vou continuar andando bonitinho, bem arrumado, eu gosto disso. Eu sou assim.

Mas é o peso e o valor que dou para isso que mudou.

Luxo para mim é o tempo que passo com minha família, meus amigos. É um café para desabafar. É um açaí para confissões. É uma viagem com pessoas que amo muito. É passar conhecimento. É um boteco para dar risada. É um jantar na casa de amigos.

***

>>> fenix, obrigado pelo email! te respondi! ;-)

>>> tks, FOXX!

>>> Arsênico, vivia em uma eterna dualidade. Agora, sou mais autêntico.

>>> Sol LINDA, eh isso mesmo. Não me resumia só a isso, mas esse lado glam era muito almejado e perseguido por mim

>>> Daviiiiid! Me conta TUDO! Já mudei a direção e os ventos estão a favor!

>>> Lord V., sim, a frase é certa, mas dessa vez não estou dando nenhum passo pra trás! Estou em busca da felicidade

>>> Allyson, obrigado! Entendo que essa fase da Madonna é uma das menos divulgadas por motivos óbvios. Infelizmente, viado só quer saber de glamour e dançar, dançar e dançar, por isso o disco seguinte foi o rebolativo Confessions on a dancefloor (que eu adoro tb).

sábado, 14 de agosto de 2010

change of mind

Este blog vai mudar.

O q especificamente, Venenoso?

Hmmm... não vai virar blog evangélico, muito menos hétero! ehhehe

Assumo: tudo o que eu sempre quis foi viver em Sex & The City. Tomar Cosmopolitan, ir a lugares badalados, usar roupas de grife e arrasar. Se não em NYC, em Sampa.

Lógico que não era só isso. Cuido do corpo, da mente e da espiritualidade, faço trabalho voluntário, ajudo velhinhas a atravessar a rua e uso caixas de papelão quando vou ao supermercado.

Mas não vou negar que o que eu vivia e almejava era uma vida de luxo e glamour.
Pois bem, posso dizer que cheguei lá. Entrei para este mundo, entrei neste mercado profissionalmente. Meus olhos brilhavam quando fiz a seleção. Queria brilho para mim. Queria esse "sonho americano".

E, quando finalmente alcancei, vi que tudo isso é muito pouco pra mim. Não que eu queira mais e mais! No entanto, achei tudo muito bobo, feio, vazio, superficial - e lógico, fútil.

Mas isso é óbvio, não é? Não! Sendo viado, morando em Sao Paulo e tendo acesso a tudo isso, você acaba saindo da realidade.

O que vc faria quando tudo aquilo em que vc acredita e trabalha por, rui? Pois bem, é isso que aconteceu com a minha cabeça nos últimos dias. Sim, teve um dedo divino nisso. As fichas foram caindo dia a dia. A cada instante, um novo fato era apresentado para mostrar que esse não era bem o caminho.

E Graças a Deus, essa venda foi tirada pelo lado profissional, e não às custas de uma doença ou até mesmo da minha vida.

E o meu suor é dedicado a que? A fazer um mundo melhor ou continuar enchendo o rabo dos ricos de dinheiro? A segunda opção, infelizmente.

E o que vc vai fazer? Não sei.

Só sei que ultimamente tenho ouvido American Life da Madonna e isso tem feito um sentido absurdo na minha vida.

Vamos relembrar o polêmico clipe de American Life? Esta é a "director's cut", uma versão que nem a MTV exibiu. Mostra corpos mutilados e a crítica à Guerra.




Quem quiser saber mais sobre este clipe e por que a Tia desistiu dele, me pergunte. Chorei na primeira vez que o assisti. Acho FODA.

Enfim, coloco uns trechos da letra que realmente fazem sentido para mim now (agora, em inglês) com alguns comentários.

I tried to stay ahead,I tried to stay on top
I tried to play the part
But somehow I forgot Just what I did it for
And why I wanted more
This type of modern life - Is it for me?
This type of modern life - Is it for free?

> Por que, mesmo, que eu fiz tanto para estar no topo?
>Tentei atuar, me fazer pertencente a isso, mas só consigo sentir asco
> Não, este tipo de vida moderna não é pra mim.


I'm just living out the American dream
And I just realized that nothing Is what it seems

> voltei para a Luz, Carolaine! =)

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

hare baba!



A última vez que eu fui pro Rio, a novela das 9 ainda era Caminho das Indias.

E eu estava com azamiga, fervendo mais que água na chaleira e pulando que nem pipoca.

E quando passei pelo arpoador, estava só de shortcheenho.

E na praia, fazendo barra, vi o ator André Arteche, aquele indianozinho da novela que era apaixonado pela "Solineuza". Vcs lembram?

Pois então. Ele ficou olhando pra mim, mas ele tava de camiseta larga e eu achava aquele cabelinho dele uó. Lambido-escorrido.

E neeeeem dei bola.

Taí que duas semanas depois, vejo fotos dele correndo na praia de sunga.

Manja arrependimento mor?




****


>>> Gente, sem respostas para o post anterior. Matei o assunto com o texto, ok?

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

não quero acreditar mais


Eu não aprendo. Mantenho ainda um perfil nesses sites de relacionamento, acreditando que talvez seja mais uma forma de achar meu príncipe encantado.

E desta vez, pensei que tivesse achado. Fisicamente, do jeitinho que eu gosto. E o perfil batia com o que um vidente disse sobre meu futuro marido.

Os primeiros dias de conversa foram difíceis. Eu perguntava e ele respondia monossilabicamente. Mas, apesar dos olhos puxados, sou brasileiro e não desisto nunca! E insisti.

Ele disse que estava em um momento difícil, “ajeitando a casa” e que estava sem muito interesse em conhecer gente nova e talz. Estava curando coração partido, indo com calma. E eu acreditei.

Parecia um trabalho de reabilitação ou mesmo de cuidado com cães que foram judiados. Pouco a pouco, havia progressos. Cada dia eu ouvia mais, aprendia mais dele. Consegui arrancar algumas risadas, mais histórias de vida. E o papo estava gostoso à beça.

Convites para sair recusados. Mesmo deixando bem claro que não era um dating, e sim, uma forma de conhecer melhor. "Não sei", "Talvez". E eu acreditei.

[Devia ter lembrado mais do livro “Ele simplesmente não está a fim de você”. ]

Mas sempre vinha aquele pensamento idiota falando “insiste, vc tah reabilitando o bofff”. Mas tentei dar tempo ao tempo, já que cada um tem o seu timing.

Time to heal and restore himself worth too. – Pensei.

Um dia ele deixou escapar que quando conhece um cara legal, tem medo de magoar e acaba se afastando. E eu acreditei. Achei que era meu caso. E o que fazer? Ser um FDP? Pisar? Atacar o ponto fraco? Acabei indo pro lado oposto e me mostrei deveras prestativo, atencioso, carinhoso e disponível.

O que eu estava querendo com isso, meodels? Mostrar que era diferente dos outros. Que comigo ele poderia contar. Que eu estaria sempre lá. Será que eu ganharia pontos com isso?

Mostrei ATITUDE sem ser desesperado. Mostrei minha barriga sarada. Mostrei o meu melhor.

Eis que vejo uma frase carinhosinha nas mídias sociais. Não foi pra mim, certeza. Fiquei meio jururu, mas não dei muita bola. Aí vem o golpe de misericórdia: status “namorando” minutos depois.

E a história de ajeitando a casa? E a história de que estava num momento difícil e que não tava a fim de conhecer gente nova? Então tá.

Mais uma mentira branca? “Para não magoar”? Nessas horas eu prefiro a sinceridade cruel. Dói, mas passa. Arde, mas liberta. Não dá gosto de esperança.

E como diz Jewel Kilcher, “I just shouldn’t think anymore tonight”

Boa noite.


***


>>> Sam, não me deixa envergonhado! hahahah


>>> FOXX, nem tanto da fada sininho. O desespero não bate mto não.


>>> Ai Marco! Boa!!!! Sou uma rosa então


>>> Fenix, da onde vc eh? heheheh me manda um email!


>>> Lord V, como assim? Deve ter gente que te quer por perto sim!


>>> Sexy, mas às vezes temos que mudar algumas coisas pra conseguir outras. Mas tomo cuidado para manter a essência.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

encosto do ursinho pooh



Tenho uma qualidade: magnetismo. Não sou uma unanimidade, mas consigo ser o elo entre vários grupos. Circulo por tribos diferentes, e as pessoas tendem a gostar da minha companhia.
Têm interesse no que eu falo, acham interessante o que eu penso, gostam da energia que transmito.

Me chamam para sair, fazem questão de me ter por perto.

E aí que está o problema. Todo mundo me acha fofo, interessante, meigo, mas NINGUÉM QUER ME COMER!!!!

É a porra do encosto do ursinho Pooh!

Não adianta eu cuidar da pele, me matar da yoga pra ficar definido, comprar roupas que valorizem meu corpo, andar cheiroso... Todo mundo me vê como um cara meigo e fofo.

Top top das coisas que mais escuto dos caras que tô a fim:

- Você é fofo
- Você é um cara muito legal
- você é nota mil
- Você é meigo

O que eu também gostaria de ouvir:
- seu lindo
- vc é cheiroso
- gatinho
- você é quente
- você me deixa louco

Alguém me ajuda? Preciso tomar um banho de porra descarrego?


The thing is: vou começar a assistir filmes dos maiores galãs e caras mais charmosos do mundo e ver se consigo dar uma pitada de sex appeal na minha life (vida, em inglês).

Para quem quer ver o encosto do ursinho pooh, assista o ótimo Marcelo Médici (minuto 8:00):



***


>>> David, quase fui apedrejada na rua por conta da sua queixa! ahahahha


>>> Ludo, tem outros também que mimijo e posto em breve!


>>> FOXX, acontece! misture alcool + periguetagem hahah


>>> A minha amyga tá morando lá perto agora, SAM!



quarta-feira, 21 de julho de 2010

cuidados ao marcar a festa de casamento

Trabalhando todo dia até altas horas...

Bom, azamiga que querem ou vão se casar, tomem MUITO cuidado com quem chamar para a festa, okaaayyy???

Olha essa piriguety, toooda locadoedy e colocada. E olha a cara da noiva durante o "showzinho" e reparem na cara dela depois. hahahah Tadchyyyyyynha!



***
>>> Ruy, mas agora sou eu quem não quer mais. E nem voltou, viu? hehehe

>>> FOXX, não pooooooossow dar mais detalhes!

>>> Cain, nem é tão sopa aguada assim, viu? heheheh Mas já é passado

>>> Clarice, o peor é que não é subceleb.

>>> SAM, acho que preciso passar umas 2 semanas na praia pra tirar o encosto!

>>> Sexy, supera mesmo. Já eskeci o bofe. A fila anda!

>>> David, como vc tah?

>>> Wendedel, já deixei voar e graças, ele tá bem do longe hehehe

>>> Thiago-CPN, pior que não ia rolar. Marcamos antes num bar pra irmos esquentando e tivemos a oportunidade de ficar a sós por muuuuito tempo e nada. Acho que confundi as coisas.

>>> Lord V., amarrado e repreendido 3x! Fora encosto da homossexualidade! hahahah

segunda-feira, 12 de julho de 2010

exercício de imaginação


Hoje vamos fazer um exercício de imaginação.

Sim, é fácil. Deixe eu te conduzir. Vou jogando as palavras e vcs constroem o cenário, os personagens, as falas e as ações na mente de vcs, ok?

Então tá.

Imaginem q vcs estão a fim de um cara. E vocês passam as duas últimas semanas trocando msgs e combinando uma balada.

Mas tudo num nível mto sutil, com pequenas aberturas, provocações leves, mas nada mto descarado.

Imaginaram?

Ok, vou prosseguir.

Imaginem que chega o Dia D. Você aciona seus amigos influentes e até paga em favores sexuais para entrar VIP: você e seu pretê. Para o encontro, vc, como toda boa mólher, cuida de TUDO: cabelo impecável, depilação e manicure em dia, esfoliação, hidratante, O perfume...

Escolhe a roupa com dias de antecedência, planejando o que vai mostrar e o que vai esconder (decote? Calça justa para realçar a bunda? Braços de fora? Elegância? Charme? Garbo?). Tenha em mente que, apesar do visual matador, você não quer apenas um abate casual, mas sim algo mais duradouro.

E no dia, dá tudo certo. Apesar de vocês encontrarem uma amiga grude, a raxa te dá várias brechas, como ir ao banheiro, pegar bebida, etc. E NADA acontece.

Você aproveita e tira aquela casqueenha: fala no ouvido, pega no braço, abraça, dança perto... e NADA.

Aí vc saca que nessa balada, há uma celebridade não-assumida, mas que é sensação entre as bils (insira aqui um Jr Lima, Giane, Jonatas Faro, Luan Santana, Daniel Boaventura, etc)

E adicione que essa celeb está dando em cima do boph que a senhora estava armando pegar há semanas.

E vc, mesmo toooda trabalhada na produção, cadimía, limpeza de pele, roupas caras, não tem como concorrer com um astro, certo?

Pois é. Parece filme, néam? Mas aconteceu comigo. #todacagada


***


>>> David, I know what you mean! hahahahha Ai, nao sei, eu não consegueria me concentrar na performance como eles merecem hahah


>>> FOXX, pois é, uma ameega me disse ontem isso e eu falei q ela era burra pq perdeu a copa toda pra perceber isso! heheheh

domingo, 4 de julho de 2010

meus homens da copa

Se vc gosta de homens e tá acompanhando a Copa para vê-los, ótimo. Você é uma beesha ixperrrta. Agora se vc gosta de homens e tá pouco se lixando para a Copa, não sabe o que tá perdendo!

Acompanhe alguns belos motivos para não desgrudar o olho da TV.
Eu ainda não tinha escrito nada sobre a Copa porque achei que a Katylene já disse tudo o que queria ter dito!

Mas depois que o Brasil foi eliminado, meu coração já era Espanhol. Aí vem a Gabi e bota uma dúvida na minha cabeça. Ela colocou os motivos para os quais devemos torcer pelos times que ficaram e é só filézinho. Vale a pena conferir!

Depois que vi essa foto do Roque Santa Cruz, não consegui nem mais trabalhar. Dá até para desenhar a mala dele.

E para quem eu iria torcer hoje? Paraguai ou Espanha?

De um lado, o Roque. E o Santana, que acho também uma graça. De outro, a Espanha com o me futuro marido Piqué e o gatinho do Fabregas e todos os outros. Aliás, é a seleção com maior quantidade de homem bonito por metro quadrado de campo! Para facilitar, a revista Gloss deu uma forcinha e reuniu todos os bonitos em uma foto só. Preferi torcer para um grupo de homens lindos do que apenas dois. Sou Espanha desde criança!!!!

Bem, e outra, o Paraguai é aqui do lado, posso ir consolá-los.

Bom, o Piqué é meio caminho andado, porque ele é bicha.

esses olhos azuis acabam comigo



Já o Fabregas... que gatinho! Bem espanhol, do jeito que pedi para Deus.

Vai Fúria! Vem com tudo pra cima de mim, entra até as bolas, seus lindos!

***

>>> Marco, repare!

>>> Natália, essa loja do Eldorado é a melhor! O Luiz vendedor é uma graaaaça!

>>> David, vou reparar no de olhos azuis do Paulista. Tem um moreno magrinho que é meio antipático, mas pisco horrorez por ele!

>>> Eu tb adoro, Rafa!

>>> FOXX, comoacim? BH tá cheio de gateenhos!

quarta-feira, 30 de junho de 2010

o treinamento secreto da zara



Os vendedores da Zara passam por um treinamento secreto para venderem para as bibas.

Alguém duvida?

Este blogueiro se infiltrou em uma loja e saiu com sacolas cheias.

Estava esperando meu carro ficar pronto, quando resolvi matar meu tempo na Zara.
Eu fui ver umas pilhas de tricot, quando ouço uma voz:
- Precisa de ajuda?

Eu já comecei a responder
- Não, só to dando uma...

Quando ergo os olhos, não é que o vendedor era uma gracinha? Todo sorridente, prestativo e olhando nos meus olhos?

- Errr... Na verdade, to procurando uma malha, mas sem estampa, que seja lisa.

Resultado: saí da loja dois casacos mais pobre.

Mas descobri todos os truques que os “inocentes” vendedores aplicam nas bees para elas consumirem compulsivamente.

1- Tenha o que mostrar. Se é bonito, ótimo. Se tem corpão, a roupa valoriza. Se tem os dois, sucesso de vendas! Ternos justinhos ou pólo agarradinha fazem sucesso.

2- Seja simpático e atencioso. Nada de carão. Biba pode ser um nojo de pessoa, mas adoura uma atenção e um sorriso no rosto.

3- Notou que a bee é carente? Então ela vai torrar em roupas para compensar a falta de uma rola. Dê sorrisos, agrade, elogie. Mostre detalhes “ocultos” da peça, como cortes, bolsos e outras features.

4- Olhe nos olhos, mostre-se interessado. Finja que está caindo no jogo de sedução da bee.

5- Não empurre roupas, você não está na M. Officer.

6- A bee puxou conversa? Retribua, continue o assunto. Lógico, veja se a loja não está bombando, mas na pedida do possível, ouça. Ela vai voltar para comprar mais, certeza.

7- A bee ficou em dúvida se leva ou não? Diga que a peça caiu bem e dê aquela apalpadinha no pau.


Atenção: este post não tem representa opiniões ou estratégias da marca Zara no Brasil. O autor do post não é vendedor, muito menos foi ludibriado pela loja.



***

>>>Ruy, eh q sou uma biscate mesmo. Até reparo em outras coisas, mas se acho o cara gato, a primeira coisa que atrai meus olhos é o pacotinho!

>>> FOXX, ótimo, sobra os maiores pra mim! hahahaha

>>> Thiago-CPN, nossa, então esconda a sua mão qdo for me ver pessoalmente. A chave vai ser a primeira coisa q vou reparar! ahhaha

>>> Rodrigo, conhece mais alguma técnica???

>>> Sol, qdo a gente se surpreende para mais é ótimo, mas quando é menos... mando de volta!

>>> Luan, eu tenho um banco de dados extenso... hahahah

quinta-feira, 24 de junho de 2010

aquilo

O mundo masculino é muito visual. Fato. Homens se impressionam mais pelas imagens do que pelo ambiente. Vocês já ouviram esse blá blá blá.

Um carro dá um status. Um celular também “diz sobre você”. O homem gay não é diferente. Uma cueca C, uma calça D, um óculos R...

E sendo visual, o gay também se liga em roupas e na aparência do namorado. Mas o post não é sobre isso (poderia ser, percebi)

Enfim, o homem se excita visualmente. E coisas como um abdomen rasgado, um braço torneado ou um pau grande costumam nos deixar acesos.

Pois bem, falando de pau grande, existem várias "técnicas" para identificar o tamanho. Sim, tudo bullshit, eu sei. Mas atire a primeira pedra quem nunca analisou um boph milimetricamente tentanto imaginar o tamanho da mala?

Vou contar algumas deecas pra sacar isso, mas deixo bem claro que não fui eu quem inventou! E também acho bem ineficaz, já me enganei taaantas vezes! Mas mitos são mitos, lendas são lendas.


Caras com pauzão:

- homem narigudo
- homem com pezão
- homem com mãozarrão
- homem que tem nariz grande, mãos grandes, pés grandes, estrutura grande, ou seja, é TODO grande
- afrodescendentes
- caras altos e magros

Tamanho, formatos:

- ficar ouvindo barulho ao urinar. Se fizer pouco barulho, malão. A teoria é: quanto mais próximo do vaso, maior é a neca e menor o barulho
- conferir o "pacotinho" pela calça (se é grande mole, imagina duro)
- o tamanho da neca é a distância perpendicular entre o dedão e o dedo do meio

- o formato do pau é semelhante ao do dedão da mão
***
- Foxx, valeu pelas deecas! Amay!!!

quarta-feira, 23 de junho de 2010

revenge



- Venenoso, você vai ganhar mais um cliente.
- Eba!
- É um cliente que eu sempre sonhei em atender. Amanhã, você vai ter a primeira reunião com eles.

A responsa é grande. Voltei efusivo pra casa. Precisava de “Dior dos pés à cabeça”, no melhor estilo Evita Perón indo para a Europa. Mas como ainda não estou nessa sintonia, pedi pra minha mãe fazer barra na minha calça social nova da Zara, tamanho 36.

A tadinha passou horas durante a noite para deixar a calça um brinco. No dia D, estava eu by Zara. Camisa justinha, a tal calça e um sapato tinindo. Dê o play, no fim vc entenderá.









***



Na minha nova rotina de deslocamento, o metrô é a opção mais adequada. E óbvio, não dá para exigir o conforto, sofisticação e exclusividade de um Rolls Royce. Sim, gente, eu tenho essa consciência. Até abstraí o babaca que fica com a mochila enorme nas costas, o senhorzinho que estava com pressa de dar o c* e ficava me empurrando contra a porta. Ok, ok. Eu estava usando meu perfume Dolce & Gabbana e todo o resto não importava.

Até que na estação Sé entrou muita gente. E eu lendo meu livro em inglês, minha esperança de sair deste país e entrar sem ser um lavador de louças em Nova York.

De repente, sinto um pé na minha calça nova. Era uma raxa com uma mala e ela tinha levantado o pé para o povo poder passar. Algum pedido de desculpas? Não.

Quando retomei a leitura em “Truthfully, I don’t have the most pristine desk in the world. In fact… it’s a bit of ”, novamente levo uma pisada, só que desta vez com a sola da bota. De novo, silêncio. E eu, vou fazer o que? Vou matar? Vou fazer barraco? Nada disso. Vou educar. Mas se não vai por bem, vai por mal.

Olhei feio, fiz que limpa a calça e pensei na minha vingança.

Meti o pé na mala, pisando no cantinho. Sabe, naquele bolsinho que você coloca as coisas que quebram? Pois bem, não deu muito certo. Primeiro porque o sapato também é novinho e não está com 1/1000 de coliformes fecais que eu gostaria, e também porque não escutei barulho de algo quebrando.

Mantive meu pé esquerdo neste ponto e com o pé direito, escalei no meio da mala. Ok, com meus “menos de sessenta quilos”, não dava para fazer muito estrago. E essa é a única hora que desejei ter afundado o pé na merda pela manhã.

Cada freada ou acelerada que o metrô dava, pisava com mais força, aproveitando a técnica de tonificar o músculo da coxa, tão exaustivamente praticada na yoga.

A mala pode ter ficado apenas com o couro da sola do meu sapato novo e posso só ter pisado em calças de moleton e calcinhas. Mas que eu pisei com gosto, pisei. E na hora de sair, dei uma cotovelada de leve e saí pé ante pé, ouvindo “Labels or Love”, trilha do primeiro filme Sex and The City.



***


>>> FOXX, chá de camomila gelado? me fala mais!
>>> Wendedel, obrigado!!! hahaha pois é, tudo aqui é guai hihihihi Não ouvi não... mas as pessoas dizem a mesma coisa.
>>> hahah David! Pra isso que existem azamiga! Pelo menos vc gosta de Madonna, não? hehehe
>>> Ruy, você acha o corporal Nive (daquelas embalagens novas) gorduroso? Acho que deixa minha pele tão aveludada!
>>> Sam, volta akiiiii!

domingo, 20 de junho de 2010

sobre o tempo...


Quanto mais o tempo passa, mais tempo passamos para nos cuidar.

Se na casa dos 20 anos, vc se exercita 1h por dia pra ficar bem, na casa dos 30, vc precisará se exercitar 2h para continuar com a mesma forma física. Aos 40, 3h.

Com o resto não é diferente. Quando eu tinha 20 anos, eu saía do banho e passava apenas um desodorante.

Quando passei dos 25, além do desodorante, incluí a água thermal e o hidratante facial com protetor solar.


Mas com o tempo, tudo piora fisicamente, néam?


Esse frio e a proximidade dos 30, me fizeram incluir o hidratante corporal. Tenho horror daquelas bibas The Week, que além da cara estragada pelas drogas, ficam com o pescoço e o colo parecendo um réptil de tanto sol e nada de hidratação.


E na hora de escolher, aquele drama. Vocês já viram a quantidade de opções? Mas pra mim, hidratante é Nivea. Via minha vó e minha mãe usando a latinha azul. Vi minha mãe usando o Nivea Soft, uma versão mais light e menos gordurosa. Eu até usei um Johnson & Johnson, mas achei o cheiro forte. Estou usando um de Aveia, que hidrata bem, não deixa a pele pegajosa e ainda tem um cheiro neutro que não briga com meu perfume. #ficaadica


Só não me bezunto que nem a Xuxa pq eu tenho nojinho. Mas já tive que reduzir um tantinho meus minutos de sono para esse ritual. Porra, daqui a pouco vou ter que acordar 2h antes só para poder botar o pé para fora de casa!


*Atenção: essas são deecas de um consumidor que quer compartilhar seus segredos de beleza; não é post pago


***


>>> SAM, acho que temos para-raio de situações constrangedoras, não? hahahah


>>> Ruy, a faxineira vem só 1x por semana e essa desculpa não ia funcionar!


>>> FOXX, ai, q-rido, mas eu gozo pela buceta! hahaha


>>> Wendedel, é pequena MESMO! hahaha To testando... ainda não cheguei a um que eu gostei 100%.


>>> Ludo, fiz a egípcia, saí do banheiro, peguei minhas coisas e fui embora!


>>> hahahaha Daniel, que cara de pau! Mas não tinha como...eu sendo o único homem do recinto e o último a usar o banheiro, aquelas marcas de mijo de cachorro na parede não poderiam ser feitas por nenhuma raxa!!!


>>> Thiago -CPN, isso fere o meu último lapso de masculeenidade! mijar sentado, jamás! ahhaha

terça-feira, 15 de junho de 2010

golden shower


Depois de uma passagem por uma empresa gigantesca, com milhares de funcionários e muitos homens bons, resolvi trocar tudo por uma empresa pequena.

O grande problema de quem trabalha com comunicação é que o meio é composto em sua maioria por mulheres. Ou viados. E os homens hts são minoria e costumam enveredar pelo marketing ou publicidade.

Enfim, no meu emprego, há uma dezena de mulheres. E um banheiro, apenas. E quando se tem um banheiro exclusivo até então para ladies, a tampa do vaso sempre fica abaixada. E elas nem se importam como a porra da tal tampa se comporta quando está levantada.

Pois é, that’s the problem. No meu primeiro dia de trabalho, na terceira ida ao banheiro – sou uma bee q se hidrata bastante, oras! – aconteceu um acidente.

A tampa abaixou quando eu estava a plena carga. Imagina vc, despejando com vontade e a tampa abaixa.

Me assustei, óbvio!

Voou golden shower por todo o pequeno banheiro. E lógico, fiz a coisa mais dolorosa do mundo: prendi o fluxo.

Levantei de novo a tampa, dei uma olhada no estrago e pensei em como limpar tudo aquilo.

Quando continuei o que tinha interrompido, foi com tanta força, que “pintei” o outro lado da parede que não havia sido cortejada pelo jato.

Parede branca, aqueles dois fios de mijo... e o chão todo cagado molhado

Vai ficar manchado e começar a feder. – pensei.

O que eu poderia fazer? Procurei materiais de limpeza. O que achei foi: aromatizador, álcool, Pinho, Veja Limpa Vidros e papel toalha. Ok, vai tu mesmo!

Com o Pinho eu limpei o chão. Na parede passei álcool pra tirar o cheiro, mas continuou aquela marca que só cachorro consegue deixar numa parede.

Encharquei um chumaço de papel com água e refiz o rastro em movimentos circulares, com bastante água. Aparentemente funcionou.

Nessa brincadeira, acabei com o papel toalha do banheiro, demorei uns bons 20 min e o banheiro estava com um cheiro insuportável de Eucalipto. Pelo menos não era de mijo!
****
>>> Gentem, demorei, mas acho que a demora valeu a pena! Espero que gostem do texto
>>> Ruy, nunca ouvi tocar isso, mas qdo ouvir, ctza que mijo de rir!
>>> FOXX, pois é, o que será que vem por aí? #medo
>>> railer, valeu pela visita! volte sempre!
>>> Dih, assisto pelo menos 1x por semana hahahah

quinta-feira, 10 de junho de 2010

bagunça

Gentis,

many changes in my life.

Acho que vcs já devem ter visto, mas atoooorooonnnn!!!!




>>> SAM, vc precisa ver essa novela, nem q seja no sábado! hihihhi Atorei te ver na Frei Caneca. bjoo

>>> Rafa, haja mesmo... hahahahha

>>> Marco, mininu, seu sócio deve ser um atleta, hein? Vi cada bofff gostoso lá na maratona...

>>> Arsênico, eu confesso q gosto de um espadaúdo hehehhe

>>> Sexy, nome piada-pronta esse, neam? Lembrei dessa sua história qdo vi Sex and the City 2!!!

>>> hahahah Ruy, já me entreguei faz teeeempo. Reputação? Dygnidadchy? o q são isso? heheh

>>> FOXX, espero nao receber coisas do passivo.com! hahahah

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Ativo.com


De tempos em tempos, levo um susto quando abro o meu e-mail pessoal.

Uma mensagem do remetente Ativo.com.

De fato, tenho contas em sites de relacionamento e tenho um msn para "assuntos aleatórios". Mas nunca, nunquinha, uso ou passo o meu email pessoal-social-familiar para estes fins.

Então, por que, meodels, tem um email desses???? Na minha imaculada caixa postal?

Fico pensando para qual ativo posso ter dado os contatos tão íntimos... fico buscando na memória se é um cara que além de gostosão e espadaúdo, é alguém que vale a pena para construir relacionamento e apresentar para a mãe.

Ou será que é um novo site de relacionamento, em que estão cadastrados somente os ativos?

Aí eu me lembro que Ativo.com é a empresa que organiza a Maratona Pão de Açúcar, da qual participei ano passado e fui humilhado!

Mas confesso que toda vez, passa todo esse filme na cabeça até eu lembrar da corrida!


***


>>> Ruy, sério? Vejo as entrevistas com ele e acho ele taaaaao mona!


>>> SAM, fiz essa "promessa", mas meus compromissos têm me impedido de estar em casa na hora da novela. Uma pena!


>>> Rafa, AMO as novelas do Silvio de Abreu, mesmo não tendo Cauã e Giane. heheheh


>>> Luan, eu prefiro sem a Lycra e na minha cama! :P


>>> Daniel, sijoga no youtube pra pegar as cenas da novela!


>>> Olha Arsênico, já explodiram o casal de lésbicas na novela do shopping... não sei se Silvio vai colocar outro casal gay...


>>> Sexyyyyy, cadê o seu Sheik???


>>> Bruno, vamos fazer essa corrente no Twitter e colocar #passioneem3Djá nos TT


>>> Di, achei o Mateus tãaaao tudo em Maysa! Mas o problema é o Manuel Carlos. Ele deixaria até um ator pornô insosso.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

passivone

Até que enfim acabou aquela coisa sooooonsa que era Viver a Veeda. Como diz Katylene, quero assistir Passione em 3D!!!!! hihihihiih




Atoooooron Silvio de Abreu! Sendo bee, ele coloca uns boffyscândalo desse jeito pras bil se deleitarem. Fora o Giane dando griteenho "Vamos pra Itálya, uh uhhhhhhhh!!!"


***

>>> Arsênico, nem me fale em banheiro hahahahha


>>> Ai Ruy, pior que é. Tenho um dedinho podre, viu?


>>> Wendedel, sinto essa vibe tb. Mas convenhamos que o rosto dele é beeeeem melhor que o do Ronaldo, néam?


>>> SAM, obrygada! Já vi que não iremos disputar sempre, pq adooooro um morenaço desses. Aliás, se conhecer algum que goste de sushi, pode mandar pra minha casa, tá?


>>> Rafa, mininu, vc tá tão pertinho dele! Sijoooga! ehheheh

sexta-feira, 14 de maio de 2010

venenoso comenta a seleção

Gentem, não entendo NADA de futebol. Mas fiquei triste por Dunga não ter convocado o Adriano.
Nem sei se ele joga bem, mas acho ele MOOOITO GOSTOSO!

E bonito pacas. Vocês sabem que tenho aquela quedeenha por caras morenos... Eu passo mal toda vez que vejo ele sem roupa, de sunga, sorrindo, dando entrevista, correndo...

E essa carinha??? Quero levar pra casa, djá!







hmmmmm.. sunga branca eh uma coisa, neám??






Atoooooron testosterona!



E essa covinha??? meodelllss






Gente, imagina tudo isso de homem em cima de vc?


***

>>> Ai Natalia, velha nada! MAs todos nós passamos pro várias fases... quando tinha 23 e namorava, pensava nessas coisas. Mas como te disse, perto dos 30, isso ganha um peso maior.

>>> Sol, isso eh bem chato, mas tem q pensar as coisas boas e o aprendizado. E com ele, vc teve uma filha LEENDA!

>>> Arsênico, eu penso só na vida EU mesmo. Pós, viagens ao exterior, tudo sozinho hehehe
E tá difícil o mercado aqui, viu? hehehe

>>> Oi Tali, obrigadyssimo pela visita! Assina o reader do google, aí vc pode acessar seus blogs preferidos!
>>> Rafa, sorte aí! Espero que essa nuvem saia logo. Só depende de vc!

terça-feira, 11 de maio de 2010

emocionalmente (in) disponível

Eu sempre fui vítima dos relacionamentos. O pé na bunda, o cara da balada que não ligou no dia seguinte, o cara que me comeu e só me liga para fuder, etc etc etc.

Mas ouvindo uma música da Alanis, percebi que me tornei o cara do qual ela reclama e também dos quais eu reclamava: o emocionalmente indisponível.

Estou ficando. O menino é uma graça, gostoso, mas não consigo visualizar um futuro para nós. Gosto do presente, mas não vejo o que seria daqui a 5 anos, por exemplo. Sinto falta, mas não sinto saudade. Às vezes prefiro ir dormir do que ir na casa dele.

Se eu tivesse 23, até 25 anos, isso não seria problema. Adoro um carpe diem e carpe noitem. Mas quando nos aproximamos perigosamente dos 30, não quero mais ficar nessa irresponsabilidade de só viver o hoje. Não é questão de planos, mas quero construir algo com meu futuro namorado. Construir relacionamento, amor, e todos esses clichês.

E sou responsável sim pelo que cativo (O Pequeno Príncipe rulez). Não posso construir algo com alguém que não quero e depois acabar com tudo, desmoronar o castelo e acabar com o sentimento alheio....

Quer saber como eu me comporto? Ouça esta música:

Narcissus






querido filhinho da mamãe
eu sei que você teve sua bunda lambida por sua mãe
eu sei que você curtia toda a atenção que ela te dava
e todas as mulheres foram honradas com sua presença mais tarde

querido menino narcisista
eu sei que você nunca realmente se desculpou por alguma coisa
eu sei que você nunca foi realmente responsável
eu sei que você nunca ouviu realmente uma mulher

querido garoto exibido
eu sei que você não está realmente na resolução de um conflito
ou ver os dois lados da moeda
ou tendo uma conversa sem interrupções

e em qualquer conversa sobre saúde
e em qualquer conversa sobre relacionamento
e em qualquer conversa sobre resolver isso
basta pra você cair fora

por que por que eu tento amar você tento amar você
quando você realmente não quer quer

querido menino foda
você nunca realmente sofreu qualquer conseqüência
você nunca esteve com alguém por mais de 10 minutos
você nunca entenderia alguém que mostrasse resistência

querido menino popular
eu sei que você está acostumado a ter tudo facilmente
é um estranho no conceito de reciprocidade
as pessoas aprovam caras como você nesta sociedade

e em qualquer conversa sobre preocupar mais com os outros do que com você
e em qualquer conversa sobre melhorar isso
e em qualquer conversa sobre estar a serviço
faz você sair correndo pela porta

por que por que eu tento ajudar você
tento ajudar você quando você realmente não quer que eu o ajude

você volta para as mulheres que vão dançar a dança
você volta para os seus amigos que puxam seu saco
você volta ignorando o que sobrou de nós
você volta para o centro do seu universo

querido garoto egocêntrico
eu não sei por que ainda me sinto atrapida por você
eu nunca estive tanto tempo com alguém como você
eu nunca fiz apesar de ter que admitir que eu quis

querido menino atraente
você nunca esteve com alguém que não aceitasse suas merdas
você nunca esteve com alguém que se atravesse a chamar sua atenção
eu sei como você ficaria se alguém chamasse sua atenção

e em qualquer conversa sobre falta de boa vontade
e em qualquer conversa sobre entrar nessa com os dois pés
e em qualquer conversa sobre compromisso faz você sair correndo pela porta

***

>>> Arsênico, qdo vc vem pra sampa mesmo? hahahaha

>>> Rafa, mas isso faz parte do meu passado tenebroso

>>> SAM, ou vc nunca pegou um militar com 20x6cm, neam??? :P

sábado, 8 de maio de 2010

6 coisas de mim que vcs não sabem


Recebi um memê do Arsênico.


Tenho que dizer 6 coisas a meu respeito que vocês não sabem (ainda)


1 - Adoro receber memês! Sério mesmo. Me faz lembrar quando os memês ainda eram na forma de caderno, no colégio. Eu me sentia rejeitado, pq nunca era convidado..eu que me convidava! Até pq, geralmente eram as meninas que respondiam e passavam entre elas... hehehe


2 - O primeiro CD que comprei na minha vida foi o Immaculate Collection, da Madonna isso, bissinha desde sempre! Ganhei meu discman quando tinha 12 anos e já fui ahazar com a Tia. Passava hoooooras dublando


3- Gasto os tubos com telefone por mês. Falo muito, também por telefone. A TIM é lucrativa no Brasil grande parte pela minha contribuição mensal.


4- Me exalto fácil e defendo as coisas nas quais acredito com afinco. E defendo as minhas posições, mesmo estando errado. Difícil de lidar, viu?


5- Meu nome é XXX, meu perfil no orkut é http://www.yyyyyy/ e eu trabalho no ZZZZZ. hahah to bowa! Já fiz bastante caridade nesta vida. Fiquei com cada gente horrorosa por dó, incluindo mulheres. Mas agora que eu sou ex-participante de BBB, meu passe ficou mais valorizado. Nem cachorro me beija sem antes me levar pra passear! alacka!!!

6- Coisas mornas, néam? nada comprometedor ou revelador de verdade. Ok, lá vai uma: já voltei com o * sangrando e tive que recorrer às deecas de uma ameega mais velha, que sugeriu que eu passasse fibrase para cicatrizar.
***
>>> SAM, eu nem sei..acho que iria vê-la usando só 2 peças de roupa hahahahah
>>> Arsênico, inveja também. E isso pq eu faço a mesma yoga que ela... mas tá difícil!!!!

quinta-feira, 6 de maio de 2010

sem fôlego







PARA TUUUUDOOOOO!!!!!


ABSOLUTA, LEENDA, LOOSHO, PODEROOSAH, DIVA!

Veja mais aqui.


E essa história de que ela vem pra Parada Gay de Sampa, hein?




***




>>> Ai SAM, e existe coisa melhor? ahhahah




>>> Luan, acho que tenho mais por médico e militar, viu? hhehehe :P




>>> Arsênico, nao vi!!! Vou no G1 AGOOORAAA!!!!

quarta-feira, 5 de maio de 2010

filho de peixe


Gentem, não sou ligado em futebol, muito menos santista...


mas adoro esses corpos, essa aglomeração e essa testosterona toda!

domingo, 2 de maio de 2010

decepção da década: Christina Aguilera

Gente, o que aconteceu com a Xtina?


Acho que as princesinhas do pop começam a ficar sem papel no showbusiness e piram.


Britney? Sem comentários.
E a Rihanna que ficou locadabuceta? As músicas continuam bowas, mas o visú... ficou andrógico e de muito mal gosto.



Eu gostava da Chris. Não engolia muito Gennie in the bottle, mas adorava dançar com Come on Over e What a Girl Wants. Amei o segundo disco Stripped. Rebolei até o chão com Dirrrty, dublei Beautiful na buátchy,

E Back to Basics com sua levada retrô? Achei Candyman até melhor que Hanky Panky da Madonna. Tenho uma versão bate-cabelo de Hurt que me deixa quase careca.


Mas agora ela aparece com o clipe de "Not Myself Tonight". Que porra é essa?


Ok, a fotografia é belíssima e nem parece que ela teve filho. Tá gostosa bagarai. Mas e o resto??? Perdeu a criatchyvidáde? Ficou sem saber o que fazer depois que a Lady Gaga apareceu? Resolveu homenagear a Madonna?


O collant de vinil, o chicotinho, a cadeira, o cabelo meio pixa e a figurante amarrada pelo teto remetem à Human Nature. Os operários de jeans na chuva, ela lambendo tigela de leite de 4, coleira de diamantes, terninho e fundo esfumaçado parecendo uma fábrica e até o tal óculos de uma lente só são de Express Yourself. Sobrou até pra Lady Gaga o visú exagerado, vontade de chocar o mundo e temdênsias incendiárias.





Veja Express Yourself:




Digo que Madonna se inspirou no filme Metrópolis para fazer o clipe de Express Yourself. A música é um hino de libertação para as mulheres, para exigirem o melhor pra elas. Lembrem-se que nos anos 80 o papel da mulher na sociedade ainda era apagado. E o que este clipe da Xtina prega? NADA.


Veja Human Nature




Este clipe é uma resposta bem humorada aos que a criticaram por seu excesso de sexualidade no disco anterior, Erotica. A música fala que sexo é a natureza humana e ela não se arrepende de nada que fez.


Ou será que essa é a grande "sacada" da Aguilera? Enfim...estava vendo esse vídeo no trabalho e todo mundo que passava perguntava: é a Madonna? É a Lady Gaga? Acho que se fosse parecer outra, brincando com o conceito de que não é ela esta noite, ela poderia ter feito isso de forma bem humorada, se passando por todas as Divas, de Cher até Rihanna, não acham?

#FAIL, gata.

***

>>> Sam, o instinto maternal ainda não brotou em mim... hahaha

>>> David, eu achei lindo o post dele!

>>> Rafa, também to na mesma, aliás, nem de mim to conseguindo cuidar direito!!!

quinta-feira, 29 de abril de 2010

adotar é tudo de bom

Assisti bastante TV no último feriado, ainda mais de molho, néam?

E vocês sabem, eu choro MESMO em propaganda de margarina.E não pude deixar de chorar com a propaganda da Pedigree (já velhinha, eu sei...)



Por ter nascido com o útero seco, não poderei engravidar, mas acho que posso ter lindos "filhos" caninos, o que me deixa bastante emocionado com essas campanhas.

Fiz minha pesquisa rápida e descobri que existem aproximadamente 20 milhões de cães abandonados no Brasil. Muito, né?

Gente, antes de termos um animal, vamos pensar em algumas coisas?

1- seja um dono responsável. Cachorro não brota do chão como grama, então, se eles estão na rua é porque algúem jogou (e assim, lógico que se reproduzem). Animal é uma vida, se for pra ter, saiba que ele durará mais de 10 anos.

2- não jogue o seu companheiro na rua só porque ele está velho. Nos abrigos, é comum encontrar cães de raça como pastor alemão, rottweiler, husky e até pitbull mais velhinhos. Você jogaria seus pais debaixo da ponte só porque envelheceram?

3- Tá pensando em ter um amiguinho? Então em vez de comprar um cão, já cogitou a possibilidade de adotar? ONGs e órgãos públicos disponibilizam cães e gatos para adoção, de todas as idades, tamanhos, personalidades e cores. E o melhor, já vêm vacinados, vermifugados e castrados, inclusive filhotes.

4- Já pensou em ter um cão adulto? Quais as vantagens?
- Você sabe o tamanho dele (um filhote pode ser uma agradável ou uma desagradável suspresa)
- Já pode saber a personalidade dele: brincalhão, bagunceiro, rabugento, alegre, calmo, etc.
- Ele não vai destruir toda a mobília da sua casa

As barbies adoram um pitbull. As pheenas adoram um lhasa apso, um schneuzer, um maltês... Geral adora um labrador ou um golden retriver. Cada um tem a sua preferência, mas não se esqueçam que os vira-latas ou SRD (Sem raça definida, politicamente correto falando) são os mais resistentes. Têm menos doenças congênitas, são mais imunes e podem comer qualquer coisa.

***

>>> Sam, vamos nos falando pra marcar sim! essa semana já estou com a agenda cheia hahaah

>>> Bruno, obrigado pela visita, volte sempre!

>>> Marco, o pior que nem foi de propósito hehhe

>>> Pois é, André HP. Ela acha que "pederastia" é fase. Ok que isto foi há quase 4 anos atrás, mas sei que no fundo ela ainda espera que eu apresente uma nora.

>>> Luan, acho dygno andar com Elle e Vogue! Mas nem sempre tem deecas masculinas, néam? hehehhe Acho válidas as considerações das revistas masculinas :P