sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

acorda, menina!

Essa frase da Ana Maria Braga já me tirou de muitas enrascadas. Já me despertou de cegueiras, me deu forças para lutar.

Dessa vez eu falo isso pra minha nádega esquerda.

Eu fui pra yoga depois de uma semana de ausência e lá foi o meu instrutor corrigir minha postura:

- Isso, estica mais a perna, desce mais o quadril. Vira quadril pra frente, isso para a porta. (é esse ásana acima)

Aí ele apertou a minha bunda e disse:

- Contrai aí. Cadê o tônus? É aí que vc tem que forçar.
- Er.. tô contraindo!
- Não tá não... esse músculo tá dormindo, mas um dia acorda.

Ok, acorda, menina! Mas não demora pra acordar não... o meu dedão do pé também tava dormindo, fraco, sem resistência, mas agora ele tá firme e forte, e nem demorou muito.

Um comentário:

Camila disse...

Tô tentando acordar meu dedo indicador do pé esquerdo que esqueceu de sua própria existência depois de passar quase doze horas em cima de um salto altérrimo por conta de um Reveillon na praia que eu me re-cu-sei a passar de rasteirinha (como a grande maioria das meninas). CÉUS!!!