segunda-feira, 2 de março de 2009

gay and the city - cap I

Aventuras de gays solteiros (ou quase), bonitos e interessantes, à procura de amor, sexo e diversão na cosmopolita São Paulo

Clique em Play e leia o post!






"Exercícios Físicos"

Domingo de muita chuva em São Paulo. Toca o telefone do Venenoso:

- Oi Vê!
- Oi Doo, tudo bom?
- Tudo! Vamos pro Ibira?
- Mas ta chovendo horrorezzzz
- Já parou! Olha o chão, já ta sequinho. Vamos logo pra aproveitar o sooooool!
- Ótemo! Vamos no meu ou no seu carro?
- No meu! Chamei o Gu também e vamos arrasar de Golf!

Parque do Ibirapuera é local para ver e ser visto, então os três capricharam no visual “Bayard”.
Du estava com uma bermuda camuflada, Gu com uma camiseta da Maratona Pão de Açúcar e bermuda. Venenoso foi a mais biscate. Apostou no shortinho e vestiu uma camiseta branca básica – pra não ficar muito vulgar.

Voltas e mais voltas e assuntos diversos como bofes, moda, baladas....

- Ai, gente, eu to muito gordo! Preciso URGENTEMENTE voltar a praticar exercícios. Mas me dá uma preguiça...
- Gu, você tem que começar e criar uma rotina – disse a ex-personal trainer Doo.
- É Gu, você precisa de motivação. – arrematou Vê. Li uma entrevista da Madonna de 1998 que ela praticava 2 horas de yoga por dia, 6 vezes por semana! E eu me mato em 2x por semana e tenho metade da idade daquela vaca!

Nisso passa um loiro gostosíssimo correndo. Sabe aquele cara todo desenhadinho sem ser seco, mas que também não é bombado?

Vê: Gentemmm, que bofff gostoso! Mas não deu pra ver o rosto...
Gu: ele é lindo!
Vê: Vamos atrás dele! Quero ver o rosto!

E saíram correndo atrás do Boff no Ibira. Era uma perseguição policial, tamanho o desespero das bees de encontrar marido, mas um marido de quilate. Doo se mijava de rir enquanto tentavam alcançar o loiro.

Maldita subida do parque! Os três já estavam com a língua pra fora e nada de alcançar o cara.


- Ai, ele parou!
- Vamos!
- Ih... parou nada, ele só correu mais devagar porque ta lama.
- Ah, eu não vou colocar meu Prada nessa lama!
- Du, volta aqui! Você vai sujar o carro quando entrar no carro!

Gu: Meninos, vocês estão escutando essa bateria de samba?
Du: to sim! Vamos atrás! Quero sambaaar!

O trio desencanou do bofe e resolveu virar passista. Mas cadê a bateria?

Venenoso: Aiii...acho que essa bateria não existe! Vem dos nossos corações, que já estão em ritmo de carnaval!

Doo: não viaja, viado! Tão ali, perto do Obelisco. Te dou o * se você sambar que nem passista aqui na avenida, perto dos carros!

Venenoso: Eu, hein?

Enquanto os três causavam ao tentar sambar e requebrar que nem Globeleza, eis que avistam o loiro correndo, dentro do parque. Apenas uma grade verde os separava.

Gu e Vê não pensaram duas vezes: foram correr paralelamente. De repente, ele para para fazer alongamento.

- E agora? Voltamos?
- É o jeito! Mas vai ficar ridículo e vai dar na vista que estamos de olho nele.
- Vamos achar um lugar para fazermos o retorno.
- Ih, Gu, não tem. Vamos parar por aqui mesmo!

Se esbaldaram no samba e ficaram com o short tooodo molhado vendo o boy se alongando.

E Gu achou a motivação que faltava pra fazer exercícios físicos.

6 comentários:

JOÃO disse...

ainda bem que a bee gu estava de roupa de maratona!!!
abs

Reicla disse...

Adorei!! hahaha
bjos

du disse...

....nada melhor do que combinar diversão, azaração com malhação né?

....afinal, estar bem é tarefa que exige bastante e se tiver uma "força" incentivadora....ai sim que as coisas funcionam...

.abraço

Arsênico disse...

néah?... marca todos os dias com o bofe loiro no Ibira... e saiam correndo atrás dele... dois meses vc estarão um must... se é que precisam...

umBeijo!

***

PAVINATTO disse...

Querido,

Adorei seu espaço virtual (cheguei a ele pelo blog do Arsênico). Estou adicionando aos meu main list de blogs.

Baci.

Lucas disse...

hahahahaha Nada como aventuras no parque, não é mesmo?

Fui a Sao Paulo ano passado, mas não deu tempo de conhecer o Ibira. Fica pra próxima!

Abração