sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

pegando no cabo (Parte 1)

Véspera de Natal é dia de...

... esperar o técnico arrumar a NET.

Mas esta empresa, tão séria e eficiente, deu problema? Pois é. Difícil de imaginar, né?

Pois bem.

Eu sempre fico ansioso quando vem algum técnico, seja do que for. Eu fico tentando imaginar a idade e o tipo físico só pela voz no interfone. Fantasia, pô!

E a voz era de um cara casado e baixinho. Dito e feito. E feinho, ainda por cima. Ele tinha que voltar à central porque faltou uma peça.

E eu estava tirando um cochilo enquanto o técnico não voltava e tocou o interfone.

- Alô?
- É da NET.

Mas a voz não era a mesma. E era mais jovem e mais viril.

Quando abro a porta...

continua

2 comentários:

Rafa disse...

Sempre fico nervoso quando vem algum técnico aqui, o que concertou a linha telefônica era uma beleza...

Sandro Aurélio disse...

Porra, quando minha veloz deu efeito eu quase dei porrada no técnico, aquele lerdo!