terça-feira, 21 de julho de 2009

de novo!


Atire a primeira pedra quem nunca comprou uma roupa porque o vendedor era um gato, ou não fez uma aula na academia porque o instrutor era um gostoso.

Pois bem, eu já fiz uma aula de yoga porque o professor era gateenho. Há alguns anos, fui almoçar num restaurante vegetariano e um cara estranho, mas bem do bonito ficou me olhando. Depois ele veio se apresentar, dizendo que dava aula lá mesmo, no restaurante, e disse estava nos convidando para uma aula experimental.

Eu estava com a minha chefe, na época. O tal professor me deu até o número do celular – e não deu nem bola pra ela.

E eu fiz a tal aula. Não era lá grande coisa e eu achei ele até bem estranhinho, com uns tiques nervosos. Mas sempre nutri por ele um misto de tesão e paixonite.

E descobri que uma colega ta fazendo yoga com ele! E eu quis saber TUDO do moço.
E ela disse que essa semana ele estava bem do aéreo porque o filho dele nasceu.

Q?

Filho? Isso quer dizer, ele comeu uma boceta! E para ficar preocupado e tal, ele nutre um sentimento por ela, não foi acidente.

Mas que caralho! Outro hétero que me faz piscar o *!
****


>>> FOXX, meu amigo me chamou de estúpido pq lógico q era no carro! Ele queria saber em que loja eu instalei.


>>> Maria, obrigado! :P

4 comentários:

Sol disse...

Ahhhhhhhh mas isso acontece demais, de ambas as partes...rs
É que nem dá com a cara na porta néam!? ahahahha
Beijoooooooos

Arsênico disse...

Por acaso no seu mundo não existe bissexuais honey?... pende nisso...

***

umBeijo!

Ruy disse...

HAHAHAHAHA.

Todo mundo faz coisas só pra chamar atenção dos bofes. Eu já cheguei ao ponto de estra atolado de trabalho, com vários prazos estorando, mas mesmo assim parar para analisar um doc de 30 pags (em inglês) só pq quem tinha solicitado era um paquera da empresa.

Somos patéticos, mas quem não é?

Maria disse...

Concordo com o Ruy...fazemos coisas patéticas quando estamos afim de alguém! Eu mesma fiz um curso de 6 meses só por causa de uma paquera, mas, infelizmente, não rolou nada!