quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

jingle bells acabou papel


Acho que o Natal deveria se chamar:

"Como colocar pessoas que se odeiam se abraçando na mesma foto"

Vocês acham normal pessoas que não se suportam, se agridem o ano todo e, no final de dezembro, estarem "tocadas" pelo "espírito natalino"?


É nessa época que vemos como o ser humano é grandioso, generoso e que a verdade é um dos principais pilares da nossa sociedade. É a coroação de atitudes boas que praticamos durante o ano todo. Aham. ¬¬


Desapego e Criatividade
Qualquer deslocamento pela cidade de São Paulo é uma experiência fascinante. É uma prática intensa do budismo, paz interior e desapego. Aprendemos, também, conceitos de planejamento e criatividade.

Imaginem a quantidade de pessoas indo a um mesmo centro de compras. Imaginem os centros comerciais, e não estou me referindo à 25 de março ou ao Bom Retiro. Qualquer entorno de shopping, supermercado, que fica no caminho do trajeto rotineiro, fica apinhado, entupido de gente e carros.

Usamos a criatividade para traçar rotas alternativas, sair com super antecedência, planejar os pontos e os minutos que passaremos parados. Praticamos desapego em relação ao tempo, afinal, nossa existência deve ser atemporal, à parte do conceito limitado de data e hora. É um momento também para botar os pensamentos e questões existenciais em dia. Coisas como "O que estou fazendo nesta cidade?", "Tenho que tomar cuidado com a carteira e não dar bobeira, porque há mais dinheiro em circulação e os ladrões ficam de olho", "Por que essa vaca está com mais de 20 itens no caixa rápido de 10 volumes do supermercado?", "A rua está livre, por que esse povo não ANDA?" são corriqueiros.


Por isso eu AMO o Natal.


Semana retrasada, eu levei 25 minutos para conseguir achar uma vaga no shopping. Levei mais tempo ainda para conseguir sair do estacionamento. Aquela fila enorme de carros para passar a cancela, o congestionamento no entorno, respirando litros de monóxido de carbono em um lugar fechado. Ah, que coisa saudável!


Fora que é uma época de muitas chuvas em São Paulo. Em dezembro, duas experiências fantásticas. Um dia, saí de casa às 7h45 e não consegui chegar no meu cliente. Depois de 2 horas parado na marginal, tive que ir até a agência. Cheguei meio dia. Outro dia, o caminho para a rodovia estava alagado com carros boiando. Eu consegui sair do trabalho apenas às 21h30. Tirando esses casos "extremos", tudo fica uma merda mesmo quando se chove.


De encher os olhos
Alguém me explica a decoração? As luzinhas que decoram prédios simulam neve. Neve? N-E-V-E. São Paulo registrou 35 graus nos últimos dias. Super adequada também considerando a quantidade de energia consumida, o aquecimento global e o COP-15.

E o bom gosto? Aquela árvore do Ibirapuera é TUDO de agradável para os olhos. Feia, exagerada, brega e milhares de pessoas se amontoam para ver aquela estrutura metálica. Tanto é que Av. Paulista e Ibirapuera são dois roteiros riscados do meu mapa.

Mas existe muito a se comemorar. Quero desejar a todos vocês um Feliz Natal, muito amor e curtir este momento momento rodeado por gente que amamos. Muitos presentes, sorrisos e boas histórias.

Apesar do texto crítico, não me tornei (ainda) numa beesha amarga. =)

6 comentários:

wendedel disse...

ooooown tadinho do Venenoso hehehe... por isso que tooodas as minhas compras de natal são feitas pela internet fikdik.

Feliz Natal e tudo de bom p vc tb- apesar de já ter me tornado uma beesha amarga e num acredito em nada disso

Maria disse...

Feliz Natal Venenoso!!!!!!!! Obrigada pelo elogio. Gracias!!!rsrsrsrsr Posso te linkar?

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Ainda bem que vc ainda n se tornou uma bee amarga, senão eu n voltaria mais aqui....esse ano, por estar desempregada, me livrei de tudo isso, rá....feliz natal pra ti querido.

Arsênico disse...

Meninë... seu codinome nunca combinou tanto contigo... to com medo da sua pessouãn... hahaha...

Venha morar em Campo Grande... onde os consgestionamentos não passam de 10 minutos... e em pontos isolados da cidade...

E ainda dizem que Campo Grande é um São Paulo com cara de interior...


***

umBeijo!

FOXX disse...

amigo, decoração brega é?
nem pise em belo horizonte e pelo que me contaram em natal tb, que a coisa tá perigosa nas duas cidades!

۞ Sol disse...

Má como amor? Num tem jeito, vc é um doce :D